Signos, Zodíaco e Meditação – Caranguejo I

Se seguirmos o movimento descendente, encontraremos a nossa fonte escondida no fundo de nós mesmos. Aqui está o começo do desenvolvimento individual. Nessa fonte podemos descobrir as raízes do nosso Ser. Mas só chegamos à fonte, quando nadamos contra a corrente e isso sempre exige a nossa dissociação da dependência colectiva, um avançar para o exterior, saindo da segurança do nosso ninho, a fim de nos tornarmos indivíduos independentes.

Na fonte está o motivo da nossa vida, do nosso bem-estar, mas também das nossas preocupações e dificuldades. Durante o mês de Caranguejo podemos encontrar as raízes, as causas ou as fontes. Podemos empreender as correcções necessárias para que o nosso carácter, a nossa forma física e psíquica se tornem as mais perfeitas possíveis.

Louise Huber

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.