Democracia Económica – Progresso Social

O progresso social não é, nem nunca será conseguido através de esforço individual. Algumas pessoas utilizam os seus cérebros, outras as suas mãos e outras as suas pernas. Numa análise criteriosa, dizer que as pernas são inferiores e o cérebro, superior, ou que o cérebro não tem valor – que os intelectuais são sempre exploradores e os trabalhadores braçais, mais importantes – são abordagens igualmente perigosas. O ponto mais importante é considerar quem utilizou a sua habilidade e em que nível a utilizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.