Signos, Zodíaco e Meditação – Carneiro II

No mês de Carneiro podemos aplicar o poder impulsivo para derrubar as paredes que levantamos à nossa volta, numa falsa auto-defesa.

O nativo de Carneiro é geralmente uma pessoa com uma consciência precisa do Eu. Sem dúvida, Carneiro é realmente o primeiro signo da Cruz Cardeal, e é perfeito que uma pessoa que tenha energias enfatizadas em Carneiro seja levada por energias internas e externas para uma actividade cujo propósito seja a criação de um mundo novo e melhor. Assim existe sempre o perigo que ele tente ultrapassar os outros com uma ambição de Ego muito enfatizada, seja em conhecimento, técnica, na educação ou na sua profissão. Uma auto-estima imoderada, um espírito doentio de competitividade e uma luta pelo poder surgem desta ênfase excessiva de si-próprio. A forte tendência desse tipo humano para a extroversão, muito frequentemente o faz transferir a batalha contra problemas e conflitos para o mundo exterior ao invés do confronto consigo próprio. O sucesso obtido no mundo é normalmente relacionado com as suas próprias potencialidades e ele constrói a sua auto-consciência sobre elas. Entretanto, no caso de pessoas voltadas para a espiritualidade, é, na realidade e acima de tudo, uma questão de um novo nascimento, do nascimento do verdadeiro Ser, que compartilha da existência eterna. Nós deveríamos abrir-nos especialmente e preparar-nos para este novo nascimento durante o mês de Carneiro.

Deixa a tua opinião. Bem-Hajas!